Abortamento de Repetição

Entende-se por abortamento toda interrupção da gravidez que ocorre antes das 20 semanas de gestação ou cujo peso fetal seja menor que 500 gramas. 

Abortamento de repetição, também conhecido como abortamento recorrente ou habitual é definido como a ocorrência de três perdas fetais consecutivas, tal fatalidade acomete cerca de 1-5% das mulheres. 

Normalmente a investigação se inicia antes disso, muitas vezes após a primeira perda, tendo em vista o grande acometimento emocional do casal frente a enorme frustração. 

Possui causas variadas, sendo na sua maioria, cerca de 60%, decorrentes de fatores embrionários (ex. Síndromes genéticas, alterações cromossômicas, malformações fetais), e o restante relacionados à  fatores maternos (ex. Diabetes, hipotireoidismo, trombofilias, idade materna avançada) e paternos( qualidade espermática).

Dentre as principais causas, podemos citar:

img1

Motivos do Abortamento de Repetição

Fatores Embrionarios

Aproximadamente 60% dos abortos é decorrente de alterações genéticas embrionárias, que por sua vez estão diretamente relacionadas a idade materna avançada, em mulheres com idade menor que  35 anos o risco de aborto devido uma alteração genética é cerca de 10%, em contrapartida, esse risco aumenta para 50%  em mulheres com idade superior ä 40 anos.

As causas genéticas incluem alterações cromossômicas como monossomias, trissomias, translocacões, inversões, dentre outras.

Anatômicas

As alterações anatômicas do útero, podem ser congênitas ou adquiridas.

Malformações congênitas:

  • Útero didelfo - o útero é duplicado, divido em duas partes cada uma com seu colo uterino;
  • Útero bicorno - o fundo uterino, região cornual,  é dividido por um membrana podendo ser desde uma pequena divisão até uma completa divisão do órgão e diferentemente do útero didelfo, neste caso há apenas um colo uterino;
  • Útero unicorno - útero com metade do tamanho habitual;
  • Útero septado - presença de um septo na cavidade uterina;

Alterações adquiridas:

  • Incompetência istmo cervical ( o colo uterino abre muito precocemente);
  • Miomas ( esses mais associados ao abortamento quando modificam a cavidade endometrial - miomas submucosos, ou quando muito volumosos - maiores que 4 cm); 

  • Sinéquias ( aderência endometrial - geralmente após curetagem uterina );

  • Pólipos não há um consenso que os pólipos aumentem o risco de abortamento, porém sua retirada cirúrgica aumentam as taxas de gravidez.

Endócrinometabólicas

Algumas alterações endócrinas, principalmente quando descompensadas,  podem estar relacionadas á um risco aumentado de abortamento, dentre elas, diabetes mellitus, obesidade, hiperprolactinemia, distúrbios da tireoide. Sendo assim sempre necessário uma avaliação clinica detalhada antes da gestação.

Infecciosas

Infecções causadas por bactérias como Clamydia, Mycoplasma, Streptococcus, Ureoplasma, estão associadas a abortamentos de forma isolada.

Trombofilias

As trombofilias, que podem ser hereditárias ou adquiridas, promovem um desequilíbrio no sistema de  coagulação sanguínea, potencializando o desenvolvimento de trombose arterial e venosa, que  por sua vez dificulta a implantação do embrião no útero, provocam alterações no desenvolvimento e função placentária, consequentemente  acarretando em  abortos. Diversas mutações podem ocasionar o desenvolvimento dos trombos, dentre elas  incluem a síndrome anticorpo antifosfolipide (SAAF), mutação no gene da metilenotetrahidrofolato (MTHFR), mutação do fator V de Leiden, mutação no gene da protrombina, hiperhomocisteinemia, deficiência de antitrombinaIII, proteína C e S.

Genéticas

Alterações genéticas do casal, que afetam um ou ambos, estão  relacionadas à dificuldade no desenvolvimento do embrião devido a suas alterações cromossômicas, resultando em abortos recorrentes. Nesses casos é importante uma consulta  com geneticista e avaliação de cariótipo do casal.

Hábitos e Estilo de Vida

Tabagismo, uso de drogas, consumo excessivo de álcool, estão relacionados ao aumento no risco de abortos, assim como mulheres que se encontram acima do peso ( IMC > 25 kg/m2).

Entre em Contato

Rolar para cima