Reversão de Vasectomia

A vasectomia é um método de contracepção masculina simples que resulta em esterilização permanente do homem. No Brasil, de acordo com o Artigo 10 da lei 9.263, é necessário que o paciente tenha no mínimo 25 anos e pelo menos dois filhos.

A reversão da vasectomia é solicitada por 2% a 6% dos homens. De maneira geral, ela é indicada para homens que fizeram a vasectomia há menos de 10 anos.

A correção cirúrgica pode ser realizada pela reconstrução microcirúrgica do vaso e / ou epidídimo.

img38

Os resultados dependem de alguns fatores, principalmente do tempo entre a vasectomia e a tentativa de reconstrução, podendo variar de 20% a 80%. Antes dos cinco anos, as chances de obter espermatozoides da ejaculação podem chegar a 80%, depois desse período, caem para cerca de 50%, chegando a 30 a 40%, decorridos mais do que 10 anos. As principais complicações incluem sangramento e infecção.

Nos casos em que não há boas chances de sucesso de reversão de vasectomia, recorre-se a técnicas de fertilização in vitro com ICSI, associados a métodos aspiração dos espermatozóides nos testículos (TESA) ou epidídimos (PESA).

img39

Entre em Contato

Rolar para cima