Videolaparoscopia Ginecológica

A Videolaparoscopia ou Laparoscopia em Medicina Reprodutiva é um procedimento utilizado para o diagnóstico e tratamento de algumas doenças ginecológicas que ocasionam à infertilidade, tais como: alterações nas tubas, endometriose, aderências pélvicas e miomas uterinos.

Considerada minimamente invasiva, o cirurgião manipula e visualiza os órgãos localizados no interior da cavidade abdominal, através de uma câmera e pinças, com pequenos cortes na pele.

As principais indicações do procedimento de Videolaparoscopia Ginecológica são:

  • Cisto Ovariano;
  • Mioma Uterino;
  • Endometriose;
  • Gestação Ectópica;
  • Doença Inflamatória pélvica.

Nos casos da endometriose podem ser corrigidos com a liberação de tecidos aderidos, a cauterização, ressecção e vaporização de focos de endometriose.

Durante a videolaparoscopia pode ser realizada a Cromotubagem, que estuda a permeabilidade e motilidade tubária, além de suas fimbrias.

Atualmente existem diversos procedimentos que podem ser realizados pela laparoscopia, sendo essa a técnica muito segura. Antes de ser realizado qualquer tipo de procedimento, essa decisão deve ser conversada em conjunto com o médico e seu paciente.

Entre em Contato

Rolar para cima